Personalidades magnéticas no trabalho

Um modelo de personalidade magnética pode ser construído de forma inconsciente apenas com a observação das pessoas que se considera influentes no ambiente de trabalho.

Por João Oliveira / Adaptação Web Rachel de Brito

personalidades-magnéticas-no-trabalho

Provavelmente todos conhecem alguém que quando adentra o ambiente atrai a atenção de todos mesmo sem pronunciar uma só palavra. Independentemente do cargo que ocupe na empresa, essa pessoa possui o que muitos chamam de magnetismo pessoal. Parece uma força de atração, silenciosa, que transforma certas pessoas em referências de poder e sabedoria.  O que há nelas que cria essa atmosfera positiva de atração? Pode ser replicado para se alcançar os mesmos resultados?

No universo comportamental tudo é possível com técnica, esforço e prática. Mas para que possamos direcionar nossas energias para a criação de um avatar que modele um personagem de grande magnetismo pessoal é necessário que saibamos quais são os pontos principais exibidos por uma pessoa nesse perfil de excelência:

1- Voz e fala

Tanto homens quanto mulheres, no perfil de grande poder pessoal, possuem uma fluência mais lenta que o seu grupo de contato. Também mantêm um tom de voz mais grave sem cruzar a linha do estereótipo. Jamais falam rápido, mas sabem usar as pausas para criar um toque emocional em suas frases.

2- Movimentos gerais

Uma pessoa de grande poder não tem pressa. Anda devagar, não balança os braços além da área do corpo ao caminhar e mantém o queixo em 90º em relação ao pescoço (nem mais nem menos).

3- Movimentos das mãos

Jamais uma pessoa de grande poder pessoal irá falar movimentando as mãos acima da linha do osso esterno (peito). Essa gesticulação expressa uma grande insegurança do falante e, como nosso avatar é muito seguro de si, ele jamais se movimenta dessa forma.

4- Olhar centrado

Pode-se notar que o olhar das pessoas magnéticas é sempre expressivo. No entanto, ao questionar os que convivem diretamente com elas, o que realmente têm de diferente poucos irão responder corretamente: elas piscam menos e mais devagar.

Esses são os quatro pontos mais comuns naqueles que exercem uma forte atratividade, os que emanam poder no ambiente. Muitos são assim naturalmente e outros tantos treinaram o próprio perfil comportamental para incorporarem essa calma natural que existe nos poderosos. Para os que desejam expandir, de forma natural, esse dom apresentamos aqui quatro práticas de exercícios que podem ajudar a delinear esse perfil:

1- Voz de autoridade: Basta colocar alguns objetos sobre a mesa e comandar, a si mesmo, a movimentação deles. Com uma voz calma e tranquila, porém altiva, diga o seu nome e para pegar um ou outro objeto, e depois, ainda com o comando de voz, ordene que o objeto seja de novo colocado no mesmo lugar. A mente irá “ver” que tudo que é dito com aquela voz ocorre no mundo real. Criando assim uma notável segurança na fluência verbal.

2- Movimentos de corpo: Tomar consciência do próprio corpo requer atenção. Para isso é necessário que uma prática de meditação seja incorporada no dia a dia das pessoas que desejam manter uma marcha bem estruturada. Yoga pode ajudar muito no desenvolvimento dessa consciência corporal.

3- Mãos e pés mais seguros: Para evitar muita movimentação ao falar, uma boa prática é pressionar os dedões dos pés dentro dos sapatos. Não há como a outra pessoa perceber mesmo se os pés estiverem à mostra (sapatos femininos). Nas mãos a dica é unir os três dedos: polegar, indicador e anelar. De forma suave e sutil essa postura com as mãos parece natural e as inibe de desenhar no ar o que falamos.

4- Olhar magnético: Essa é uma técnica milenar tibetana, o melong, uso de espelhos para desenvolver um olhar penetrante e magnético. Qualquer espelho serve para esse treino. Basta olhar a própria imagem e tentar permanecer o maior tempo possível sem piscar. Sem esforço, sem perder uma expressão de calma natural, ficar dois minutos sem piscar pode causar um impacto bem forte mesmo que a pessoa com quem fala jamais perceba o que ocorre de diferente. Atenção para as limitações físicas de cada pessoa. Usuários de lentes de contato, por exemplo, terão enorme dificuldade nesse exercício e, de fato, para eles isso não é aconselhável.

A prática desses exercícios não irá transformar você em um líder natural em 15 dias. Mas com a constante observação de pessoas que você mesmo considera influentes no ambiente, mais detalhes virão à tona de forma consciente. Assim, dentro de algum tempo será possível criar o seu próprio modelo de personalidade magnética. Um perfil de poder pessoal somente seu.

PORTAL ESPAÇO DO SABER psicologia

personalidades-magnéticas-no-trabalho

personalidades-magnéticas-no-trabalho

personalidades-magnéticas-no-trabalho