Líderes carismáticos

A relação de confiança entre líderes e equipe tem como base a honestidade, integridade e coerência.

Por Eduardo Shinyashiki / Adaptação Web Rachel de Brito

líderes-carismáticos

Provavelmente, você já conheceu uma pessoa fascinante, que tinha algo a mais, especial, difícil de decifrar. Uma capacidade inexplicável de deixar melhor quem encontrou, de tocar as pessoas com o próprio brilho, com uma força diferente que nos faz perguntar: de onde vem esse fascínio? O que afinal é carisma? A palavra vem do grego chàrisma, que deriva da chàris, que significa “graça”.

Na mitologia grega, o nome chàris era também como eram chamadas As Três Graças, deusas da felicidade e da beleza, símbolos da harmonia e da perfeição. A elas associava-se tudo o que promove encantamento, brilho e satisfação. Já na tradição cristã, a palavra significa um dom divino, uma graça concedida aos fiéis.

Gandhi, Nelson Mandela, Martin Luther King, Madre Teresa de Calcutá e Betinho, grandes líderes, inspiradores e guias de multidões que tinham a força do carisma vinda da percepção por parte das pessoas de que eles estavam falando e agindo cada vez mais no interesse do grupo, transmitindo de forma inequívoca valores e ideais. São pessoas que deixaram sua história marcada no mundo. O atual papa Francisco já ganhou a simpatia dos fiéis graças à sua figura carismática.

Olhando para eles, então, podemos identificar alguns elementos que caracterizam suas ações. Por exemplo, tratar todos bem, indistintamente (do porteiro à moça do cafezinho até o presidente da empresa). O elemento principal presente em quem tem carisma é a intenção verdadeira e honesta de inspirar, servir e se dedicar às pessoas, a um objetivo comum e ao interesse dos envolvidos. É a intenção autêntica de honrar e respeitar os outros, independentemente do cargo, que torna a pessoa magnética e carismática.

É isso que faz com que estejamos atraídos por ela, que desperta o nosso interesse mesmo sem palavras, com a simples presença. Vestir-se para mostrar o seu melhor e não para impressionar é uma característica da pessoa carismática. A roupa é um canal de comunicação e, por meio de como nos vestimos, transmitimos uma grande quantidade de mensagens. Quem somos, as nossas intenções e as nossas preferências. Porém, o único caminho para difundir segurança e autoestima é passar uma mensagem autêntica e que reflita realmente quem somos e o que queremos.

Saber ouvir é uma das grandes capacidades para uma comunicação assertiva, outra característica que identifica uma pessoa carismática e que é essencial para uma liderança eficaz. Comunicar implica o ato de interagir com o outro, de ouvi-lo e conhecê-lo, utilizando a “flexibilidade comunicativa”, que é a capacidade e a intenção do comunicador de ouvir, entender e se adaptar ao contexto situacional e ao interlocutor.

O líder carismático reconhece e respeita as suas próprias convicções e as dos outros, criando uma relação de reciprocidade e não de imposição, mantendo uma postura honesta e verdadeira. A criação de empatia também está em sua veia. Ele se coloca no lugar do próximo para compreendê-lo melhor, identificar suas vontades, opiniões e motivações e assim poder flexibilizar os próprios comportamentos e atitudes.

A pessoa que possui carisma faz elogios sinceros. Quando estamos verdadeiramente interessados e atentos aos outros e as suas qualidades, os elogios são sinceros e criam um relacionamento interpessoal positivo, necessário para construir confiança e fortalecer a autoestima nos interlocutores. Lembrando que não é a quantidade dos elogios que faz a diferença, mas a qualidade e intensidade.

Reconhecer os próprios pontos fracos significa reconhecer que errar faz parte do caminho do ser humano. Quando uma pessoa não admite as próprias falhas e não se permite errar, assume uma postura teimosa e inflexível, tentando provar que ela está certa e o mundo errado, gerando afastamento, resistência e rompendo a relação de confiança com as pessoas próximas. A relação de confiança entre líderes e equipe tem como base a honestidade, integridade e coerência.

Para que uma pessoa confie em alguém e se comprometa com ele precisa acreditar nele, perceber que é verdadeiro e coerente nas ações. Contudo, o elemento principal presente em um líder carismático é a intenção verdadeira e honesta de inspirar, servir e se dedicar às pessoas, a um objetivo comum e ao interesse dos envolvidos.

É a vontade autêntica de honrar e respeitar os outros que torna alguém magnético e carismático. Ele também é um indivíduo centrado, presente na situação e nas relações, o que faz com que estejamos atraídos por ele, que desperta o nosso interesse mesmo antes de conhecê-lo melhor.

É importante ressaltar igualmente que o carisma não é uma qualidade que alguém tem e outros não, mas é uma potencialidade de todos de se tornarem inesquecíveis e encantadores, pois está fortemente ligada à força e ao poder da presença da pessoa. Ou seja, você pode sim ser um líder carismático!

PORTAL ESPAÇO DO SABER psicologia

líderes-carismáticos

líderes-carismáticos

líderes-carismáticos